Cecília Vilas Boas

sábado, 30 de abril de 2011

melodia...



Quando ouço música que toca dentro de mim, viajo no tempo, penso na estrada sinuosa da vida e fico só, não sem ninguém, mas sozinha comigo. Distante, corro e brinco em lagos reinventados, com a tua mão na minha, rimamos palavras, enchemos corações. Recordo o que vivi ou inventei sobre olhares silenciosos, penetrantes guardados com laços de rafia e cheiro a jasmim. Rios, seixos, desejos, paixões, sentimentos que a própria morte leva e torna intacto.  

OA.S


When there's no one else...




"... look inside yourself
Like your oldest friend, just trust the voice within
Then you'll find the strength, that will guide your way
You'll learn to begin to trust the voice within..."






quinta-feira, 28 de abril de 2011

dreamer...


look into my eyes
turn off the light
and stay...




vem...

Vem, se quiseres.
Traz contigo dose de bondade
Amor no coração
Paciência e aceitação
Para todos os que encontrarmos no caminho
Superficiais, egocêntricos e mesquinhos.

Vem, se quiseres
Ajuda a espalhar paz e alegria
A gente que não consegue ver
Ofuscada por bens materiais
Carregada de preconceitos
Prisioneiros da ambição.

Vem, se quiseres
Distribui sorrisos e humildade
Abre as tuas mãos e acarinha
A quem busca, com desespero, um olhar
A quem tem o coração dorido
A quem estica a mão carente de um aperto.

Vem, vem comigo
Desbravar matos, passar precipícios
Contornar montanhas e tempestades
O importante é chegar, mesmo que sós, doridos
Humildemente construiremos o nosso trilho
Na conquista dum mundo melhor.

OA.S



foto

mimo...



mais um mimo, desta vez da querida Dja
agradeço imenso
são as coisas simples da vida que enchem os nossos corações






quarta-feira, 27 de abril de 2011

majestosa viajem...


Fascinada pela sua beleza e imponência, força e coragem
a galope por entre campos, livre no tempo e no espaço, quero paz.
Breves flashes da minha vida surgem entre ventos e espelham memórias.
Ao seu ritmo, meio selvagem e com porte soberbo
a trote ou a galope, bebo esperança, vislumbro paisagens
por terra ou à beira-mar, protegida pelo seu poder
em perfeita conjugação com a natureza
deixo a realidade de lado e visto-me de sonho.
Liberdade de espírito, desejo sem nome
sem explicação ou entendimento
deixo o corpo suspenso na leveza do momento.
Cavalo selvagem, leva-me contigo
transporta o meu ser ao infinito
dá-me força e coragem para continuar
neste mundo onde não me identifico.

OA.S




terça-feira, 26 de abril de 2011

somewhere over the rainbow...

blue birds fly
and the dreams
that you dream of
dreams really do come true...




quietude...


Rio de águas calmas que encantam o meu olhar, reflectem na alma a quietude que procuro.
Recalculo o tempo.
Imóvel, desejo ser parte integrante desta beleza natural que me tranquiliza.
Quero ser o verde esperança do arvoredo, o azul cintilante do rio, o branco da paz.
Testemunho serenidade, força e liberdade nos animais.
Nesta envolvência deslumbrante, encontro-me.

    
OA.S



sexta-feira, 22 de abril de 2011

um tempo para nós...



em sonho constante
paixão desenhada
desejos que florescem
corações que batem
sonhos que passam
numa melodia longinqua
e nos levam
ao nada


OA.S







vou estar afastada uns dias, desejo-vos uma santa páscoa

quinta-feira, 21 de abril de 2011

El silencio...

  
El silencio, ¿un mutismo?
¿Musita el horizonte
o tu propio interior?
Griterío ese árbol
de la caoba, ¿harina
o tu propio interior?
Lo salvaje, ¿esos tigres
en oasis? ¿dormidos?
¿o tu propio interior?
Te escuchas... ¡tan lejano!...
¿eres tú lejanía
o tu propio interior?

Francisco Pino





Madrid, cidade com arte e história



terça-feira, 19 de abril de 2011

sábado, 16 de abril de 2011

liberdade...

E nas asas do sonho,
olhos cheios de esperança e desejo no coração
sobrevoo contigo, envolta em musica e poesia 
percorro cidades, campos, mundos
voo alto, tão alto quanto o sonho me deixar
e serei feliz em tuas asas,
para sempre...


OA.S
 



Philip Wesley - Wings To Freedom

bem vindo (a) ...

"Não me interessa saber quem você é e como veio parar até aqui.
Quero saber se você ficará comigo no centro do incêndio e não fugirá."

Sonhador da Montanha Oriah-ancião índio americano



a cidade do sonho...



Sofres e choras? Vem comigo! Vou mostrar-te
O caminho que leva à Cidade do Sonho...
De tão alta que está, vê-se de toda a parte,
Mas o íngreme trajecto é florido e risonho.

Vai por entre rosais, sinuoso e macio,
Como o caminho chão duma aldeia ao luar,
Todo branco a luzir numa noite de Estio,
Sob o intenso clamor dos ralos a cantar. [...] 

António Feijó, in 'Sol de Inverno



foto

 

sexta-feira, 15 de abril de 2011

mar...

metade da minha alma é feita de maresia [...]

Sophia de Mello Breyner Andresen
 
 
 

foto OA.S

noite...


no aconchego da noite,
as estrelas brilham alto e me fascinam
 pegam em mim
e transportam-me para longe...

oa.s

 



"Ainda que haja noite no coração, vale a pena sorrir para que haja estrelas na escuridão."

Arnaldo Padovani

quinta-feira, 14 de abril de 2011

melancolia

Quando um dia de sol te deprime
Quando o mar te repreende
Quando a musica te faz chorar
Quando o vazio te invade…
Espera a noite,
Deixa que ela te reconforte,
E o seu silêncio te aconchegue.

OA.S




foto




"Gosto da noite imensa, triste, preta, como esta estranha borboleta
Que eu sinto sempre a voltejar em mim..."

Florbela Espanca

some kind of wonderful...



porque a noite tem magia....






terça-feira, 12 de abril de 2011

tão bom...


"O maior prazer que alguém pode sentir é o de causar prazer aos seus amigos."
Voltaire



obrigada querida Deise...
tão bom receber mimos...

 


um blog de sonho, que convido a visitar

http://margodechapeu.blogspot.com/

sonhar...

"Não tenho certeza de nada, mas a visão das estrelas me faz sonhar."


Vincent Van Gogh




foto

segunda-feira, 11 de abril de 2011

vento...

transporta os meus desejos ...





obrigada amiga...


fizeste-me sonhar...

[ Sonhemos ]

"Je rêve d'une terre sereine
Là où les gens balancent leurs peines
Je rêve sans fausses notes sans ratures
Je rêve au delà des blessures
Je rêve d'un monde qui s'élève
Au milieu des champs où l'on crève
Je rêve qu'on puisse changer le temps
Lancer contre le vent"





carinho da minha amiga e sempre presente Sandra

O sonho comanda a vida...


 
Pedra Filosofal

Eles não sabem que o sonho
É uma constante da vida
Tão concreta e definida
Como outra coisa qualquer
Como esta pedra cinzenta
Em que me sento e descanso
Como este ribeiro manso
Em serenos sobressaltos
Como estes pinheiros altos
Que em verde e oiro se agitam
Como estas aves que gritam
Em bebedeiras de azul
Eles não sabem que sonho
É vinho, é espuma, é fermento
Bichinho alacre e sedento
De focinho pontiagudo
Em perpétuo movimento
Eles não sabem que o sonho
É tela, é cor, é pincel
Base, fuste ou capitel
Arco em ogiva, vitral,
Pináculo de catedral,
Contraponto, sinfonia,
Máscara grega, magia,
Que é retorta de alquimista
Mapa do mundo distante
Rosa dos ventos, infante
Caravela quinhentista
Que é cabo da boa-esperança
Ouro, canela, marfim
Florete de espadachim
Bastidor, passo de dança
Columbina e arlequim
Passarola voadora
Pára-raios, locomotiva
Barco de proa festiva
Alto-forno, geradora
Cisão do átomo, radar
Ultra-som, televisão
Desembarque em foguetão
Na superfície lunar
Eles não sabem nem sonham
Que o sonho comanda a vida
E que sempre que o homem sonha
O mundo pula e avança
Como bola colorida
Entre as mãos duma criança

 
Poema de António Gedeão

 



Para aqueles que sonham...



domingo, 10 de abril de 2011

para sentir...


"Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre,
jamais sofrerá de solidão;
poderá morrer de saudades, mas não estará só."


Amir Klink





Foto OA.S


Mimo...

"Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha,
 é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra.
Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha e não nos deixa só
porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós.
Essa é a mais bela responsabilidade da vida
e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso."
Charles Chaplin



Obrigada querida Deise

Ser poeta ...

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!
É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!
É ter fome, é ter sede de infinito!
Por elmo, as manhãs de ouro e de cetim…
É condensar o mundo num só grito!
E é amar-te, assim, perdidamente…
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!


Florbela Espanca






Wild Horses couldn't drag me away...


Tenho um fascínio por esta canção ...


[...] I have my freedom but I don't have much time
Faith has been broken tears must be cried
let's do some living after we die
Wild Horses, couldn't drag me away [...]





sábado, 9 de abril de 2011

mais um carinho...

da doce Ani
obrigada!

because sometimes it snows in April...








believe...

you can fly...

close yours eyes and give me your hand...





foto


o meu ser

Naquela tarde, ao por do sol, estava só.
De mãos dadas com o pensamento, pude questionar-me.
Onde teria eu deixado de ser?
Nada fazia entender o porquê da distância comigo própria.
Talvez quisesse enganar o tempo, ou esquecer o desejo de ser eu.
Em que lua fui perdida, em que mar esquecida?
Leve gosto doce, de memórias esvaídas no passar dos dias.
Decaídos sonhos ou encantamentos de menina.
Tristes desejos, algum dia esperançados, vida em vão?
Serei injusta com o meu próprio destino ou talvez não.
Ânsia dum rasgo de sol, no meu caminhar sombrio.
Encontro o meu ser? Quem sabe, um dia.


OA.S




Amor é...


Oferecer uma flor ....

 


foto net






Venezia incantata

«Il ricordo è poesia, e la poesia non è se non ricordo»

Giovanni Pascoli
Primi Poemetti,



foto OA.S





sexta-feira, 8 de abril de 2011

musica...

.... porque a musica enaltece a alma








Mas nem só de poesia vive o homem....


Vamos olhar o mundo com óculos graduados....
miséria
fome
guerra
violência
catástrofes naturais
dor
sofrimento


Vamos
distribuir sorrisos
palavras amigas
ser solidários
compreender
respeitar
dividir
sentir

OA.S
[foto montagem oa.s]



"Aprendi que um homem só tem o direito de olhar um outro de cima para baixo"
para ajudá-lo a levantar-se.

Gabriel Garcia Marquez

Pudesse eu

Pudesse eu não ter laços nem limites
Ó vida de mil faces transbordantes
Para poder responder aos teus convites
Suspensos na surpresa dos instantes!



Sophia de Mello Breyner Andreson

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Pus o meu sonho num navio...

Pus o meu sonho num navio
e o navio em cima do mar;
- depois, abri o mar com as mãos,
para o meu sonho naufragar

Minhas mãos ainda estão molhadas
do azul das ondas entreabertas,
e a cor que escorre de meus dedos
colore as areias desertas.

O vento vem vindo de longe,
a noite se curva de frio;
debaixo da água vai morrendo
meu sonho, dentro de um navio...

Chorarei quanto for preciso,
para fazer com que o mar cresça,
e o meu navio chegue ao fundo
e o meu sonho desapareça.[...]

Cecília Meireles





Amor é...

desenhar, com estrelas, o teu nome no céu.... e contemplar.




domingo, 3 de abril de 2011

Inclinado en las tardes


Inclinado en las tardes tiro mis tristes redes
a tus ojos oceánicos.
Allí se estira y arde en la más alta hoguera
mo soledad que da vueltas los brazos como um náufrago.
Hajo rojas señales sobre tus ojos ausentes
que olean como el mar a la orilla de un faro.
Sólo guardas tinieblas, hembra distante y mía,
de tu mirada emerge a veces la costa del espanto.
Inclinado en las tardes echo mis tristes redes
a esse mar que sacude tus ojos oceánicos.
Los pájaros nocturnos picoteam las primeras estrellas
que centellan como mi alma cuando te amo.
Galopa la noche en su yegua sombría
desparramandoespigas azules sobre el campo.


Pablo Neruda





Acreditar

Uma coisa em que realmente acreditamos, sempre acontece;
e acreditar numa coisa faz com que ela aconteça.
E penso que nenhuma coisa acontecerá
a não ser que acreditemos inteira e profundamente nela.

Frank Lloyd Wright



Foto OA.S


Smile

Sorria,
Mesmo que Esse Sorriso Seja Triste,
Porque mais Triste, que um Sorriso Triste
é a Tristeza de Não Saber Sorrir.

Linartt Vieira





sexta-feira, 1 de abril de 2011

E pela noite dentro...

bebemos música, sonhámos poesia e falámos de Amor...




I don't care....

about what the world think, i want to be happy!!


OA.S


Amor é...

Depois da uma noite estrelada, ver nascer o Sol, juntos.

OA.S








Uma noite com a lua e o mar

Vale do Loire, avec ses chateaux


La beauté

[...] Je trône dans l'azur comme un sphinx incompris ;
J'unis un coeur de neige à la blancheur des cygnes ;
Je hais le mouvement qui déplace les lignes,
Et jamais je ne pleure et jamais je ne ris.

 Les poètes, devant mes grandes attitudes,
Que j'ai l'air d'emprunter aux plus fiers monuments,
Consumeront leurs jours en d'austères études;

Car j'ai, pour fasciner ces dociles amants,
De purs miroirs qui font toutes choses plus belles :
Mes yeux, mes larges yeux aux clartés éternelles !



 

  
foto OA.S