Cecília Vilas Boas

sábado, 27 de agosto de 2011

lugares encantados...


Bebi arte, cultura e história
deambulei na sinfonia de Mozart
naveguei nas águas do rio Moldava
escrevi em mim, histórias de encantar.

Acomodei tudo com laços de cetim, perfumei e reservei.



 Dentro de 1 semana espero regressar ao blog e visitá-los a todosJ
Até lá!!

beijinhos

sábado, 13 de agosto de 2011

no dia do meu aniversário...




...quero deixar-vos o meu muito obrigada por todos os momentos que estão presentes em minha vida, mesmo que virtualmente, mesmo que por poucos minutos, diariamente marcam o meu coração.

Confesso que até iniciar este blog nunca tive a certeza de alguma vez vir a escrever sentimentos e muito menos permitir que alguém os lesse. Foi o vosso carinho e estimulo que me ajudaram a tomar asas e a voar neste imenso Oceano Azul onde adoro Sonhar.

Agora, férias :)

@ Praga

Um abraço bem forte.




 
Sonhar, é permitir ao próprio Ser a liberdade de voar interiormente.

OA.S





Christina Aguilera - the Voice Within

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

cores duma tela... 



Nas ondas do mar, desliza o pincel
pinta de luz os dias quentes de Verão
deixa fluir cores intensas
matizando dunas com flores silvestres 
que dançam ao vento, contemplando o horizonte. 

OA.S



apresentando...

RICHARD MOISAN
Les dunes fleuries




ma jeunesse - Carla Bruni 

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

ilusão...



Na ilusão de tudo ser nosso para sempre, permanece a eterna saudade de pessoas e momentos. Nesta ausência de palavras e presença seguimos nostálgicos, revivendo sorrisos que permanecem, em nós.


*
Ouço-te silêncio.
Diz-me o que sinto
o que anseio
o que me sufoca.

Esta inquietude permanente
sem razão aparente de ser
o vazio profundo
do querer e não querer.

Estou aqui
vou, não sei onde
de onde venho, não recordo
tudo é ilusão.

OA.S




Stan Moeller



terça-feira, 2 de agosto de 2011

vereda dos sonhos...




Na poesia encontro um caminho de luz que me faz acreditar que os sonhos são a efectivação dos pensamentos. A minha mente transporta-me para a vereda dos sonhos.


OA.S




Willem Haenraets