Cecília Vilas Boas

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Sargos para o Jantar...


"(...)Algumas dezenas de metros mais abaixo, do fundo da falésia cortada a pique, chegava o som da pulsação do mar. Primeiro, a onda a formar-se, um borbulhar de champanhe que se aproxima rapidamente e que atinge o seu clímax, quando se precipita do alto dos seus três metros e, com um estalo de chicote, castiga a areia e arrasta consigo milhões de partículas que, chocando entre si, fazem ouvir o som de todos os sinos do mundo, tocando ao mesmo tempo. "

de: António Tapadinhas

recomendo vivamente...

http://semargens.blogspot.com/

Da janela do meu (a)Mar


Poema Azul

"Este poema que te dou, no meio do teu olhar azul
É o todo de uma escrita ao teu redor
Onde procuro e encontro a calma de um desejo...
Onde semeio o querer, sem hesitar e digo-te...
O acto perpétuo de cenários mágicos e sonhos.

A resposta, é sempre um mar de sorrisos cúmplices...
Onde mergulho sereno e seguro! "

de José Luís OUTONO

Um livro para navegar e mergulhar ...


http://pretexto-classico.blogspot.com/

Quino...


Muito obrigada meu Amigo por esta surpresa magnifica.
POESIA é escrever com o coração, é reconhecer sentimentos, é voar tão alto quanto o sonho nos deixar.


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

sábado, 17 de setembro de 2011

bálsamo...



Entre nuvens, sol e vendavais, voos sem destino de desembarque, entre sorrisos e choros, erigem recantos da vida onde se escondem memórias e sentimentos etiquetados, arrumados metodicamente em prateleiras pintadas com flores púrpura. Cada lembrança com o seu aroma próprio, afaga momentos únicos do viver. A noite recolhe as asas inquietas e cansadas da agitação do mundo real e dá a beber a luz balsâmica das estrelas ao que persevera.
OA.S


sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Merche...


Querida Merche, agradeço-te de coração toda a atenção e carinho que tens demonstrado para comigo.
O simples torna-se grandioso quando verdadeiro. Muito obrigada!


quarta-feira, 14 de setembro de 2011

janela do espírito...



Tantas são as questões que ocupam a nossa mente sem por vezes deixar espaço aos mais infímos raios de sol. Que a janela do espírito se abra e nos permita a visão e o sentir efectivo da natureza, das cores, dos aromas, da simplicidade e do amor.
OA.S




(Oil Canvas Painting)


Sarah Brightman - "What you neves know"

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Deise...



Obrigada querida Amiga, sempre mimando com seus carinhos. Adorei!



noite de luar...

Ao luar e entre olhares, sinto o desejo do teu beijo,
silencioso, discreto.
Olho-te.
Cúmplice, consinto que percorras os meus pensamentos.
O coração dispara, as pulsações saem de controlo.
Surpreende-me, o toque da tua mão.
Deixo.
Consigo sentir o pulsar da emoção.
Deixo que me descubras, sem palavras.
Mais próximo, sinto o teu corpo.
E o meu.
Num envolvente abraço, seduzes.
Permaneço.
O desejo, agora possessivo, é urgente.

É noite de luar.


OA.S



 oil painting by Aja



Melody Gardot - "Our love is easy"