Cecília Vilas Boas

quarta-feira, 23 de março de 2011

Ausência de mim

Mais uma noite, presa às palavras que me possam salvar.
Ouço-as, leio-as, transponho-as para o meu livro da emoção.
Escritas rasas, textos cheios, tudo pode ajudar a preencher o vazio.
Sentimento, paixão, revolta, tudo é destilado no mundo das palavras.
No fundo, sei que que estou só, apenas acompanhada da minha alma.
Deixo atravessar a luz da esperança, vinda da magnitude estelar.
Quase perfeita, no entanto, fica apenas a lembrança da sua passagem.
É noite, o silêncio acompanha-me como que querendo cortejar-me.
Mente dispersa sem destino para pousar.
Amanhã, quem sabe.

OA.S




9 comentários:

  1. Amanhã quem sabe reconecto os versos que diariamente fazem parte de mim, e num silêncio quase perfeito guardo você dentro de mim...

    Lindo querida!!!

    Beijos...

    Obrigada pelo carinho de sempre!!^^

    ResponderEliminar
  2. Suzana, grande companheira, adoro ler os teus poemas. Toda a escrita que sai de ti é envolvente e vibrante.
    Hoje adorei o teu texto no blog da Rita Schultz. Deixo aqui o caminho para quiser ter o previlegio de ler...

    http://ritaschultz.wordpress.com/

    beijinhos, fica bem.
    OA.S

    ResponderEliminar
  3. O bom é que tem amanhã. Um grande bj querida amiga

    ResponderEliminar
  4. Oiiii

    Noites solitárias inspiram, trazem palavras desarmadas que teimam em aglomerar-se no papel!!
    Amo a noite, a madrugada... mas só um pouquinho!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Gisa - É verdade, de manhã vestimo-nos para a jornada e esquecemo-nos daquilo que a noite nos diz em susurro.

    Letícia - Na noite perdemo-nos em pensamentos e muitas vezes, ao papel, confidenciamos o que nos vai na alma.

    beijinhos às duas.
    OA.S

    ResponderEliminar
  6. a dor diminui para os poetas quando eles a transpõe em palavras?

    ResponderEliminar
  7. Long Haired Lady, daquilo que leio dos poetas penso que a dor é um estado permanente, obsessão de sentimentos, talvez...

    OA.S

    ResponderEliminar
  8. Se estás acompanhada pela tua alma estás plena porque ela é grande!
    E eu estou aqui, a ler-te, a sentir-te.
    Beijo grande amiga

    ResponderEliminar
  9. Oh Sandra, como as tuas palavras me preenchem....
    Obrigada Amiga

    beijinho, com carinho
    OA.S

    ResponderEliminar