Cecília Vilas Boas

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

ilusão...



Na ilusão de tudo ser nosso para sempre, permanece a eterna saudade de pessoas e momentos. Nesta ausência de palavras e presença seguimos nostálgicos, revivendo sorrisos que permanecem, em nós.


*
Ouço-te silêncio.
Diz-me o que sinto
o que anseio
o que me sufoca.

Esta inquietude permanente
sem razão aparente de ser
o vazio profundo
do querer e não querer.

Estou aqui
vou, não sei onde
de onde venho, não recordo
tudo é ilusão.

OA.S




Stan Moeller



42 comentários:

  1. ¡No sé que decir! ¡Me quedé muda! ¡¡¡YO!!!
    Hermoso...
    Besos...

    ResponderEliminar
  2. Tudo faz parte da vida, cada momento que passamos, cada som ou silêncio que ouvimos, cada sim e cada não, cada vida que vivemos e as que não vivemos.Tudo faz parte da vida e do caminho para nosso próprio conhecimento.Beijos

    ResponderEliminar
  3. Olá! Ilusões, sombras, Platão! abraços

    ResponderEliminar
  4. Que palabras más bonitas... nunca nos debe de faltar esa ilusión de cada día!
    Un beso.

    Pd. Ya te contaré cuando volvamos de Armamar:)

    ResponderEliminar
  5. Palavras soltas e leves. Ilusão? Talvez
    Um grande bj querida amiga

    ResponderEliminar
  6. A vida é assim.
    O amor também é assim, as vezes, confiamos em algo que nos ludibria.
    Adorei o Blog, virei sempre.

    Convido-lhe para visitar meu blog, comentar a série de contos "Ser Escritor", e se gostar, seguir.
    Sigo de volta, só da um toque.
    (paulobouvier.blogspot.com)

    Muito Obrigado.

    ResponderEliminar
  7. Oie minha lindona.

    lindoooo


    beijinhos no seu coração.

    ResponderEliminar
  8. perfeito momento!
    palavras idem..
    beijos perfumados linda..

    ResponderEliminar
  9. Cada vez me surpreendo mais com o que escreves...e adoro isso..bj ..boa noite e sonhos leves.

    ResponderEliminar
  10. Vivir con ilusiones nos permite seguir caminando
    Besoosss

    ResponderEliminar
  11. Todos os versos revelam a ilusão do sentimento...

    Lindo minha amiga...

    Saudades....

    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Ei querida!
    Ainda que de ilusão, que VIVAS!
    Que sua semana seja de paz.
    Gd beijo

    ResponderEliminar
  13. Eiii primeiramente quero pedir-lhe desculpas por demorar a responder-lhe,seu comentário me deixou muito feliz,você o fez no dia 3 de agosto,pois bem,demorei por falta de tempo mesmo...mas agradeço muito pela visita um muito obrigado!
    Agora quanto a seu texto,realmente belas palavras,adoro poesia nesse formato,mesmo que melancólica,tem um efeito bonito de se ler,embora talvez para o poeta seja tão triste os escrever!
    até mais ler...

    ResponderEliminar
  14. O vazio se dá no momento da desilusão, depois você ficará bem novamente. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  15. No perdamos esa ilusión...
    Eres un cielo...
    Un beso, amiga.

    ResponderEliminar
  16. Yayá, falo de eternidade, momentos que jamais se poderão repetir pela ausência física das pessoas. Fica o aperto no coração e o conforto na alma [talvez por isso goste tanto de estrelas...]
    um abraço



    Arnoldo, tudo faz parte da vida, é com esta miscelânea de sentimentos de aprendemos a caminhar e traçamos a nossa vida. Obrigada pela sua presença, beijos


    Monica, querida amiga, obrigada de coração, pelo carinha que sempre me deixas. Beijos


    Contos,Cronicas,Poesias e Outras Criações, obrigada pela sua presença aqui, neste cantinho. Fico feliz que tenha gostado.
    Um abraço



    Gilmara, nós vivemos sempre, até porque felizmente no nosso dia-a-dia há sempre olhinhos que brilham que nos preenchem de alegria e nos motivam a prosseguir o nosso caminho. Obrigada por estar aqui. Beijinhos




    Suzana, o sentimento permanece, pensarmos que os momentos e as pessoas permanecem em nossas vidas para sempre, isso sim, é ilusão.
    Obrigada pela tua presença, minha amiga.



    Norma, viver sentindo e recordando nos faz caminhar. Um grande beijinho amiga.



    Quim, amigo, obrigada pelas tuas palavras, sempre motivadoras. Tem um excelente dia, beijos




    Ingrid, querida amiga, muito obrigada pela tua simpatia. Um beijinho




    Dja, obrigada pela tua presença, é muito bom ter-te aqui. beijos



    Paulo, a vida é um composto explosivos de sentimentos. Obrigada por comentar. Um abraço



    Gisa, por vezes faz bem divagarmos de soltarmos o que nos vai na alma. Obrigada amiga pela tua presença, beijinhos




    Laura, obrigada pelo teu carinho que sempre deixas em palavras.
    Fico à espera de novidades de Armamar :)
    beijos




    Ives, é verdade, de tudo um pouco, a mente humana é complicada por natureza. Um abraço




    Remei, minha amiga, pois a vida continua, e a nossa missão tem que ser cumprida, com ilusões, desilusões, realidades, alegrias, tristezas, tudo faz parte. Obrigada por estares aqui comigo. Um forte abraço.

    ResponderEliminar
  17. Difficile de vivre sans nostalgie. Et pourtant, ce n'est pas la nostalgie qui aide à vivre... Regardons devant, même si on a besoin très souvent d'une épaule!...

    ResponderEliminar
  18. Richard, c' est vrai que certaines personnes (moi même), elles ont un esprit très complexe. Je me retrouve, souvent, coincé dans la nostalgie...
    oa.s

    ResponderEliminar
  19. Your words are so beautiful
    love the mystery of them.

    ResponderEliminar
  20. Un gran mensaje en este bello poema.Me ha llegado al corazón. Excelente. Saludos cordiales.

    ResponderEliminar
  21. Qué dulce discurre tu verso, Océano Azul, qué rumor de suaves ramas verdes lo navegan, qué armonía callada remueven tus palabras, como las notas secretas y acuáticas, acuáticas eso, de la sinfonía incalculable de la melancolía que siempre preside la vía, ese río que no cesa. Mi humilde felicitación, pues.
    Saludos blogueros

    ResponderEliminar
  22. Gracias por seguir il mío blog. Te sigo yo ya también tu bello blog. Un abrazo

    ResponderEliminar
  23. Temos lembranças reais e saudades de algo que não nos lembramos de ter vivido. Ambas doem, porque a sabedoria almejada não chega e não nos traz as respostas que procuramos.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  24. Reena (missing moments), thanks a lot for visit me and for your generous comments. Hug



    S.A.D.E.FILIAL VILLA MARIA, muito obrigada fico muito grata pelo seu generoso comentário. Um abraço




    Fernando, obrigada pela sua presença e simpatia. Um abraço



    José Antonio, bem vindo a este oceano. Agradeço as tuas palavras, de coração. Um abraço

    ResponderEliminar
  25. Infelizmente o para sempre não existe.. e em um dado momento da vida temos que lidar com a perda.. a separação, onde apenas restará a lembrança de tempos vividos.

    Uma beijoquinha imensa em seu coração..
    Verinha

    ResponderEliminar
  26. E no silêncio, buscamos respostas para tantas perguntas...

    Abraços meus :)

    ResponderEliminar
  27. La ilusión es imprescindible en nuestras vidas, sin ilusión y sin amor es imposible vivir.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  28. É no meu silêncio que vivo a buscar resposta pra tantas perguntas desse universo repleto de mistérios.
    Beijos e ótima semana.

    Smareis

    ResponderEliminar
  29. A ilusão muitas vezes descobre nossos silêncios e gritamos abafando o desejo de ser tudo real
    beijo lindo poema!

    ResponderEliminar
  30. De repente a gente vive momentos que não sabemos o que queremos, para onde vamos e de onde viemos. beijo de zélia

    ResponderEliminar
  31. OI, linda,
    Às vezes costumo fazer visitinhas atrasadas devido
    a compromissos inadiáveis, mas nunca me esqueço
    de amigos e blogs como o seu, que sempre trazem
    sentimentos profundos, ditados pela alma.
    Lindíssimo o poema, que retrata uma angústia
    real que toca fundo em nossos corações.
    Lembranças eternas do que se foi e somente deixaram a saudade.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  32. Bellísima música y hermosa imagen que nos envuelven para hacernos palpitar cada una de tus sentidas palabras. Una caricia para el alma. Un beso grande Oceano Azul, un placer disfrutar de tu pluma...

    ResponderEliminar
  33. Verinha, é verdade, a lembrança de tempos vividos... beijos querida.



    Nádia, o silencio sempre ecoa em nossa mente, e nós, por muito que o queiramos escutar nem sempre conseguimos decifrar o que ele diz. beijinhos



    iglesias, sim a ilusão, o sonho, ajudam a eternizar o caminho. Um abraço



    Smareis, também eu busco no silencio respostas que muitas vezes estão dentro de mim. Beijinhos


    Yasmine, quando deixamos a ilusão e passamos a olhar o real despertamos do sonho onde mergulhamos, em silencio. beijos amiga



    zelia, muitas vezes questionamos a própria existência, o nosso "eu", mas isso penso que é salutar, pois ajuda-nos a crescer interiormente.
    beijinhos




    Adilson, obrigada pela presença. Seja bem vindo. Um abraço




    Fotokarusellen, thanks for coming!!



    David, obrigada pela sua presença. Um abraço


    Vera, eu compreendo que o tempo não dá para tudo, também eu sinto esse condicionante. Lembranças eternas, saudade, tudo fica em nosso coração. Fico muito feliz com a sua presença e carinho Beijos


    Diana, é muito bom ter a tua presença, as tuas palavras são carinhos para a alma. Beijos

    ResponderEliminar
  34. "revivendo sorrisos que permanecem, em nós."

    Eu conheço o vazio, é o fosso das lágrimas que se foram.

    Abraço

    ResponderEliminar
  35. Mientras tu poesía avive la emoción del lector, siempre habrá ilusión.
    Un abrazo, poeta.

    ResponderEliminar
  36. Aclim, esse fosso, por vezes tão profundo, deixa saudades que apenas as lágrimas aliviam.
    Abraço



    Julio, ilusão versus realidade. Há que seguir caminho. Obrigada pela tua gentil presença.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  37. Saudade, ilusão, recordações, sorrisos..
    As vezes é tudo que resta, tudo que fica.
    Um beijo!

    ResponderEliminar
  38. Que bello poema sobre la ilusión, un abrazo,

    ResponderEliminar