Cecília Vilas Boas

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Da janela do meu (a)Mar


Poema Azul

"Este poema que te dou, no meio do teu olhar azul
É o todo de uma escrita ao teu redor
Onde procuro e encontro a calma de um desejo...
Onde semeio o querer, sem hesitar e digo-te...
O acto perpétuo de cenários mágicos e sonhos.

A resposta, é sempre um mar de sorrisos cúmplices...
Onde mergulho sereno e seguro! "

de José Luís OUTONO

Um livro para navegar e mergulhar ...


http://pretexto-classico.blogspot.com/

5 comentários:

  1. Já mergulhei um pouco através do teu post.
    Um grande bj

    ResponderEliminar
  2. Hummm.... Que lindooo!
    Nada como a poesia para nos transpor desse mundo!
    Linda postagem... Aplausos ao autor!

    Bjs,

    ResponderEliminar
  3. Un mar de sonrisas: pueden invadir las aguas de los océanos azules, llenad la tierra ... de todas las sonrisas!
    Gracias Oceanoazul!
    Larga vida y prosperidad.

    ResponderEliminar