Cecília Vilas Boas

domingo, 30 de outubro de 2011

clausura...



Depositei minha alma
Na clausura da tristeza
Fechei o portão de ferro
Deixei-a em desabafo
Longe do alarido dos felizes
Neste retiro de solidão.
OA.S




Sonho azul, que à clausura
Entregaste o coração,
Deixa tua alma pura
Em silêncio e solidão
Na sua cela segura
Até que ela alcance a cura,
E liberta-a, então!
[obrigada meu Amigo R.Barcellos]



foto: Jorge Silva





M. Nyman - The promise



46 comentários:

  1. Una imagen y una reflexión preciosa.
    Abrazos.

    ResponderEliminar
  2. Hola amiga:
    Deseo de todo corazón que estés bien.
    Poema bello y a la vez triste.
    Besos, Montserrat

    ResponderEliminar
  3. Como isso se faz necessário às vezes...
    Um grande bj querida amiga.

    ResponderEliminar
  4. Também prefiro a solidão quando estou assim, pois perto dos felizes nossa tristeza tende a ficar maior ainda. A foto está em perfeita sintonia com esse sentimento.Belo post, querida. Bjs

    ResponderEliminar
  5. Poema que reúne a beleza e a tristeza de um sentimento.. mas que retrata os momentos que por vezes passamos!

    Beijokinhas super em seu coração OA.S.. e uma linda semana para você!

    Verinha

    ResponderEliminar
  6. Hola OA.S amiga, una muy bella entrada, aunque un poco triste pero que se disfruta. Gran foto la de Jorge Silva.

    ResponderEliminar
  7. Preciosa imagen amiga...y triste pero bello poema...
    Besos cielo.

    ResponderEliminar
  8. Às vezes a alma mesmo se enclausura, outras vezes precisamos prendê-la, mas a alma, ah, a alma, é fujona, e escapa pelas grades, pelas frestas, vai prá dentro, vai prá fora, feito criança brincalhona.

    abraço.

    ResponderEliminar
  9. Qué hermosa clausura donde la soledad es luz. Muy bello. Un abrazo.

    ResponderEliminar
  10. Triste esse texto...me deixou triste..fez-me lembrar dias tristes... :o(
    bj boa semana..

    ResponderEliminar
  11. É um poema pesado.
    Amanhã saí cedo de casa e vê o lindo amanhecer para arrebitares :-)

    ResponderEliminar
  12. de tirar o fôlego querida!
    perfeito..
    beijos ..

    ResponderEliminar
  13. Há vezes em que a alma da gente pede, implora... só um pouquinho de exílio. E as vezes até que faz bem!
    Beijos,
    Marie
    amoreoutrosdelirios.blogspot.com

    ResponderEliminar
  14. A solidão pode ser escolha...Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  15. Se sente necessidade para..respire fundo pra depois voltar.As vezes precisamos deste tempo de parar para pensar em nós mesmos.

    Beijos

    Maria

    Estou de volta depois de uma pausa destas...depois de me dar o direito a solidão...

    ResponderEliminar
  16. Solidão essa que maltrata a alma...beijos de boa semana pra ti.

    ResponderEliminar
  17. A solidão, algumas vezes, é necessária. Porém em outras ocasiões sangra a alma em pedaços...

    beijos querida...

    Ótima semana

    ResponderEliminar
  18. É sempre um prazer passear por aqui!!!

    Um beijo da Nita.
    De boa tarde.

    ResponderEliminar
  19. Qué duros se hacen estos días de clausura, soledad y tristeza.
    Un beso.

    ResponderEliminar
  20. “Em alguns dias dói. A tristeza puxa os cabelos, arranha a cara, machuca dentro. E a gente não tem mais nada para fazer a não ser dizer que está tudo bem. Porque vai passar, passa. Só que antes de passar maltrata. E, entenda, a pior dor é aquela que ninguém vê. Só ela, a tristeza.”
    Clarissa Corrêa

    Beijinho grande , amiga

    ResponderEliminar
  21. Solidão...palavra cravada no coração.

    Música e poema se completam.
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Espero que essa tristeza não corresponda à realidade, mas por vezes temos mesmo de "fechar o portão"...

    Boa semana!
    Bj

    ResponderEliminar
  23. Un abbraccio grande dal tuo amico scrittore EREMITA... :)

    ResponderEliminar
  24. Olá querida,
    Intenso!
    Este retiro às fezes se faz necessário. Quando a alma sangra, o recolhimento chega a ser um bálsamo. A tristeza contagia e não precisamos levá-la onde a alegria reina.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  25. Este desapego é necessário.Adoro suas poesias fortes
    meu beijo

    ResponderEliminar
  26. Oie lindona

    Quantos de nós não tivemos essas fases.
    Mas só vale se for uma fase e rápida, se não adoece a alma e o corpo.

    beijos querida
    meu carinho, ótima semana.

    ResponderEliminar
  27. Muitos dias devemos retirar-nos e no silêncio rever a nossa vida projectando-a no futuro.

    ResponderEliminar
  28. Só assim se consegue uma reflexão frutífera. Essa clausura é providencial, em vários momentos da vida e não significa fuga, mas sabedoria. Sendo suas as palavras, só posso concluir isso (rss).

    Bjs.

    ResponderEliminar
  29. Fases da vida... Momentos de dor e solidão são necessários, trazem crescimento, mas só àqueles que amam viver, vão mas voltam, inteiros...
    Minha amiga, espero que esteja tudo bem... Senta-te à beira do mar, olha teu reflexo lindo em suas ondas, e se enche de novo com essa luz única sua...
    Bjsss

    ResponderEliminar
  30. Poema triste para uma bela imagem!
    Amanhã vamos passar o dia em Monsanto:))
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  31. OAS, tudo bem?
    Oh! Solidão d'alma!
    A mais perfeita tradução do que seja "clausura".

    Belo poema sobre o estado de alma.

    Abraços, amiga, ótimos dias!

    ResponderEliminar
  32. Há momentos em que a solidão se faz necessária para que nos encontremos...sei do que fala seu poema...

    Um beijo!

    Sonia Regina

    ResponderEliminar
  33. Hello - great combinations of words and a picture.

    Stewart M - Australia

    ResponderEliminar
  34. Um belo dia pra ti minha querida amiga...beijos e beijos de poesia e paz...

    ResponderEliminar
  35. "Enquanto os dias forem assim
    um desfolhar de pétalas
    e um nascer de flores
    haverá sempre uma chuva
    pra regar a vida
    e um despertar de perfumes
    em manhãs de sol

    ... Lou Witt...

    Tenha um dia encantador...

    ResponderEliminar
  36. De vez em quando....faz bem....
    Bom Feriado...
    Beijo

    ResponderEliminar
  37. Há vezes que é necessário se entregar assim a sentir a tristeza, depois ela agradece...
    Um abraço
    Concha

    ResponderEliminar
  38. Efectivamente... una reflexión.

    saludos

    ResponderEliminar
  39. Beautiful... a solidão de sua roupa interior ninguém pode violar! Realmente tocar em seu pensamento.
    Vida longa e prospera.

    ResponderEliminar
  40. Minha querida

    Por vezes queremos apenas ficar envolta em nós...em silêncio.

    Adorei e deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  41. E que a tristeza se mantenha longe, para nunca mais voltar...

    Só sorrisos e alegrias em seu caminho!

    Beijos, querida!! Adoro te ler!

    ResponderEliminar
  42. Oi,

    Vim agradecer o carinho e pedir licença pra ficar...


    Que seu dia seja pleno de paz,



    Bjkas

    ResponderEliminar
  43. Queridos Amigos, sempre um prazer recebê-los aqui, neste recanto onde escrevo o que me vai na alma. Muito obrigada pelos vossos comentários.

    Um abraço
    oa.s

    ResponderEliminar