Cecília Vilas Boas

sábado, 29 de outubro de 2011

horas serenas...

No sossego do meu latíbulo
no baú dos sentimentos
vagueei nas horas serenas...

Li o livro do desejo
Sucumbi à tentação
Beijei em segredo
Amei com paixão...

OA.S




MaxfieldParrish-MountainEcstasy




Sarah Brightman - scène d'amour

35 comentários:

  1. Amo o silencio das horas serenas, onde nelas entro em devaneios e faço um estrondo no baú de memórias.

    amo seus poemas, me faz refletir muito em meu interior...
    Abraços
    Giovanna

    ResponderEliminar
  2. Um poema que faz o que quer e guarda o momento. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  3. Nos nossos sonhos vagueamos e gozamos de paixão.
    Entrgamo-nos de alma inteira e regressamos acordados.

    ResponderEliminar
  4. Complimenti! Tutto molto gradevole e bello.

    ResponderEliminar
  5. Amei sem medo de ser feliz!
    Amei pela simples vontade de amar...

    Beijos

    ResponderEliminar
  6. uiiiiii...não vou comentar porque honestamente passou-me aqui umas ideias muito quentes..kkkk...transpirando..esse texto é quase um Pablo intensificado..rs..que seja doce..

    ResponderEliminar
  7. Precioso poema y acompañado de esta fantástica música realmente transporta a la serenidad y la calma de los sentimientos.

    Beso.

    ResponderEliminar
  8. A chama bela e quente da paixão
    Tem muita vez essa grande virtude:
    Brilha mais forte em plena escuridão,
    Grita mail alto em horas de quietude...


    Belos versos sempre me inspiram. Obrigado, oceano. Beijos.

    ResponderEliminar
  9. Recordar sempre... a ordem da vez...


    bjs meus

    Cat

    ResponderEliminar
  10. "O sinal mais seguro da sabedoria é a constante serenidade." (Montaigne)

    Lindo poema esse OA.S!!!

    Beijokas super em seu coração...
    Verinha

    ResponderEliminar
  11. Como siempre, palabras bellas y mucha sensibilidad. Siempre es un placer hacerte una visita.
    Un saludo

    ResponderEliminar
  12. Sucumbir a la tentación a veces es maravilloso. Casi tanto como leerte, cielo. Un abrazo.

    ResponderEliminar
  13. ¡Hermoso, tu poema y la foto! ¡La música me hace bien al alma!
    Gracias... besos...

    ResponderEliminar
  14. Já nem sei o que são horas serenas...
    É sempre bom ler-te! ( nem sempre presente, mas sempre contigo na lembrança)
    Beijo-te.

    ResponderEliminar
  15. Lindamente sensual e contagiante, minha querida. Morta de saudades, estou aqui para matá-las. ________/)_♥☼♥_____./¯"""/')
    ...¯¯¯¯¯¯¯¯¯\)¯♥☼♥¯¯¯¯'\_„„„„

    Bom fds, beijo com carinho

    ResponderEliminar
  16. Um abraço sincero e cheio de afeto OA.S
    Vida longa e prospera.

    ResponderEliminar
  17. OA.S

    Poema de uma profundidade invulgar.
    De ficar e silêncio de Alma.
    Parabéns.


    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  18. amar com tempo e o tempo. a hora é assim, lenta e serena como as mãos que envelhecem.
    beijinho grande!
    p.s. tenho tido dificuldade em entrar no teu blogue, querida amiga. por vezes a página não carrega completamente...

    ResponderEliminar
  19. É bom a sucumbir ao tentaciñon ... E muito bom ler seus poemas:)
    Tenha um bom domingo.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  20. Só é feliz quem já leu o livro dos desejos...
    Excelente poema, gostei.
    Querida amiga, tem um bom resto de Domingo e uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  21. Cada vez que vengo me invade una paz y me llena el alma de calma y alegría.
    Sosiego...silencio...
    Me encanta.
    Un fuerte abrazo.

    ResponderEliminar
  22. Olá Precisamos de milhares de luzes constantemente, e nada como o amor, para nos doar, verdadeiras saidas! abraços

    ResponderEliminar
  23. A entrega total neste baú dos sentimentos. Belíssimo!

    Feliz semana, amiga :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. No baú ficam os segredos e lembranças. No livro dos desejos, o voar em sua direção.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  25. ... como amar escondendo-se do perigo de tornar eterno aquele sentimento que tanto nos arde.

    Belíssimo!

    Abraços!

    ResponderEliminar
  26. Very nice poema...... good work.

    Greetings, Joop

    ResponderEliminar
  27. Tus versos me relajan, da gusto pasar por aquí.

    ResponderEliminar
  28. Também ando muito em busca dessas horas serenas, de pleno amor... Mesmo em meio à solidão, acho que tenho conseguido!

    Beijo grande, querida!!

    ResponderEliminar
  29. Obrigada pelos vossos generosos comentários, agradeço-vos eternamente...

    abraço forte
    oa.s

    ResponderEliminar
  30. 'Amei mais que a mim...'

    Assim canta Maria G. e Ana C.


    Bjkas

    ResponderEliminar
  31. Bem vinda Alê, obrigada pelo seu comentário.
    abraço
    oa.s

    ResponderEliminar