Cecília Vilas Boas

domingo, 20 de maio de 2012

próxima de ti...




Onde estás, alimento dos meus sonhos?
Estou perdida sem saber onde te procurar...
Persisto no sonho, nesta busca eterna
Estarei perdida no caminho?

Continuo a imaginar-te nos meus sonhos
Nas asas alvas do amanhecer, sei-te próximo...
No orvalho da esperança, as rosas contam-me de ti
Irei algum dia descobrir-te nas nuvens?

Estarei na rota certa, no sonho de luz?
Se pudesse aproximar-me de ti...
E dizer-te saber, que as nuvens são azuis

Se conseguisse ver-te de novo…
Os sonhos tornar-se-iam estrelas
Serias o refúgio no céu, para onde voaríamos.

Cecília Vilas Boas





matthew weatherstone



36 comentários:

  1. Teu poema me disse muito neste momento. Obrigada.
    Um grande bj querida amiga

    ResponderEliminar
  2. É uma poesia que estava internamente gerando palavras e a Srta com tanto talento deu asas as minhas imaginações! abraços

    ResponderEliminar
  3. Hermosas palabras, Cecilia :) Espero que estés en el buen camino, y si no, que te lleven pronto a él.
    Lástima que la traducción de Google no sea buena del todo porque me encantaría leer tu escrito en todo su esplendor. Un abrazo :)

    ResponderEliminar
  4. Na incerteza de ser certa a rota
    o teu poema merece que te encontres nesse destino
    Não, não te perderás no caminho

    ResponderEliminar
  5. Cecília, emocionei-me....pela beleza de teu poema, e pelo que significou, hoje, pra mim...obrigada por ser mensageira de respostas Divinas, querida!

    Um abraço com afeto!

    ResponderEliminar
  6. Teu poema é a ponte
    Que une o sonho à realidade;
    Vai buscá-los no horizonte
    E transforma-os em verdade!

    Beijo, Oceano.

    ResponderEliminar
  7. Lindo poema Cecília, bela imagem.
    Um abraço. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  8. Deveras, no embalo da vida e da sua poesia... Parabéns! ;*

    Te desejo uma ótima segunda-feira, uma excelente e abençoada semana.
    Um grande abraço.
    Tati.

    http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

    Att.

    ResponderEliminar
  9. Nenhuma busca é em vão.
    O sonho é o vislumbre do futuro.

    Boa semana, Cecília!

    Bjs :)

    ResponderEliminar
  10. Cecília,
    fiquei por aqui numa atmosfera onírica entre as nuvens de teu poema, e gostei da sensação.

    Grande beijo da Cecília brasileira!

    ResponderEliminar
  11. Minha querida

    Por vezes os sonhos levam-nos a lugares ermos dentro de nós...como sempre ler-te é uma sedução para os sentidos.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  12. Boa noite!
    Torço para uqe o econtre
    no ceu azul sem nuvens, claro
    e estrelado, para que juntos,
    não fiquem nunca mais distantes
    um do outro!
    Adorei e me empolguei...bjinhos

    ResponderEliminar
  13. A vida tem apeadeiros

    ao longe

    também nesgas de sol

    ResponderEliminar
  14. Uma caminhada de descobertas e de sonhos. Certezas só no final.
    Gostei de ler. Foram também momentos de sonho.

    ResponderEliminar
  15. Seu soneto é encantador!
    As suas palavras são feito asas que encontram o sentimento ao lado do vento.

    Beijos Flor

    ResponderEliminar
  16. .





    Cecília, amanhã, 23, eu escreve-
    rei no Blog do Bar do Escritor
    e adoraria contar com a sua
    crítica no rodapé do meu
    texto.
    Amanhã, com certeza eu estarei
    falando sério.

    http://bardoescritor.blogspot.com.br/


    Conto com você, amiga.

    silvioafonso







    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Magnifica imagem a dar expressão a estas palavras de amor de dúvida e ausência.

      Beijinho

      Eliminar
  17. Quem dera o esperado cruzasse, tão rápido, os nossos caminhos . Tanto por dizer! Enquanto não chega o momento, temos que com o sonho viver. Bjs.

    ResponderEliminar
  18. Um dia junto com certeza , num céu só deles.
    meu beijo

    ResponderEliminar
  19. Quando queremos caminhar em direcção ao amor, nunca sabemos se isso está mesmo a acontecer...
    Cecília, minha querida amiga, adorei o teu poema. É magnífico.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  20. Olá Cecília,

    Poema maravilhoso, ornamentado por uma linda imagem.
    Seu sentir transforma-se em mágicas palavras.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  21. Muito interessante essa busca mencionada e respetiva perspetiva de encontro.
    Muito lindo Cecília!
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Hermoso poema Cecilia, lleno de ternura, esperanza y añoranza, me gusta.
    Un beso.

    ResponderEliminar
  23. HERMOSO Y ROMÁNTICO TEXTO.
    UN ABRAZO

    ResponderEliminar
  24. La poesia si sposa molto bene con l'immagine, dona speranza.

    ResponderEliminar
  25. Cecilia..não podia deixar de observar o quadro que emoldura teu poema! Lindo..
    Seu poema me fez lembrar Florbela Espanca..
    Amei!!
    bjinho..

    ResponderEliminar
  26. Cecília
    Como sempre seus poemas são magníficos.
    Amo vir aqui.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  27. LINDO!!!

    http://estilohedonico.blogspot.pt/

    xoxo

    ResponderEliminar
  28. Há dias em que as nuvens são azuis. E quando não são a tua poesia pinta-as.

    ResponderEliminar
  29. Que agradable es visitar tu blog y relajarse con tus poesías.

    ResponderEliminar
  30. 1. Eu vim de longe, de tão longe, que somente o teu coração pode alcançar essa distância e este sorriso que o amanhã me pedir para te dar.
    Compreendo a tua surpresa diante do que eu te digo. Porém, qual surpresa poderá ser melhor do que o vale encantado que eu trouxe para ti?
    Sim, bem sei que a tuas saudades são maiores do que o encontro de todas as tuas melhores circunstâncias. Mas a saudade tem isso de sempre ser maior do que temos no presente. Porque toda saudade é incompleta por si mesma.
    Porém... Do que te vale mais recordar do que viver? Mais desejar completar a tua saudade do que preencher os teus dias com novas oportunidades?
    Tu me dizes que não as têm? Abraço-te com meu carinho e solidarizo-me contigo...
    Eu também vim de longe para me encantar com suas lindas e sábias palavras que alcançaram meu coração.
    Obrigada grande poeta. Adorei vir aqui e me deslumbrei com as maravilhas de suas inspirações Quero poder ir ao infinito da tua doce nobre alma e misterioso mundo teu, para... No recanto mais íntimo da minha alma, no recanto mais íntimo do meu... Dizer-te que as estrelas são pequenas, porque tu és enorme, tu és grande! ..... Com todos os que decidiram perto ou longe, permanecer... Perto de tuas sabias e lindas palavras as quais move e comovem toda uma geração... Um grande bj no coração.....grande poeta...naquilo que escreve e postas .Tomei a liberdade em postar este comentário em teu blog... Retribuindo desta forma, de uma maneira carinhosa a sua expressiva visita no meu blog, as quais as têm enriquecido com seus mais refinados comentários... Um bom final de semana!
    Um grande abraço! E um carinhoso beijo.... HTTP://www.uanderesuascronicas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  31. Olá Cecilia
    Bonito texto, acompanhado por uma bela pintura.
    Gostei.

    Obrigado pela visita e suas palavras
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  32. Olá boa noite1Adorei passar por aqui.
    Esse poema é lindo!
    Desejo á vc um ótimo fim de semana beijos.

    ResponderEliminar
  33. Obrigada pelo afago que as vossas palavras me deixam...

    beijos
    CVB

    ResponderEliminar