Cecília Vilas Boas

quinta-feira, 26 de julho de 2012

na noite...



Estava noite, escuro, e vazio
E as almas calaram-se
E os corações bradaram
E o terreno onde pisava levantava o pó cinza dos dias
Eram nuvens de fumo negro que me deixavam cega, neste caos onde se é gente!
Ou não…
Consegues dizer-me das fragrâncias dos eucaliptos?
Das palavras dóceis que se esgueiram dos lábios gentis da manhã?
Não, claro que não…!
São coisas simples demais para que possas ver e sentir…
Mas existem! Todas as madrugadas quando o sol nasce
E abençoa, em silêncio, as flores que ajuda a fortalecer
Ou os pássaros, a quem dá ânimo para voar...
Se tu pudesses pelo menos sentir
Como germinam em silêncio as asas do coração….

Cecília Vilas Boas




Daniel Gerhartz

43 comentários:

  1. E que possamos ficar neste mar de encanto, de sentir, a natureza nascendo!

    ResponderEliminar
  2. A noite é o cenário perfeito a todas as cores,,,todos os sentimentos,,,todos os olhares....beijos de bom dia pra ti amiga,,,

    ResponderEliminar
  3. O silêncio da noite, aromas e convida a deixar ir ...
    Querido amigo... texto maravilhoso!
    Já livro, espanhol?
    :)
    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Remei. Infelizmente,o meu livro não esta traduzido para espanhol, quem sabe um dia...

      beijos

      Eliminar
  4. Encantas-me querida amiga.
    Um prazer ler-te.
    Um grande bj no teu coração.

    ResponderEliminar
  5. Quem me dera poder sentir essas asas do coração onde acordam os sonhos das madrugadas e do nascer do Sol do lado de cá da vida.

    ResponderEliminar
  6. Me gusta la noche, en ella respiro paz, tranquilidad.
    Saludos hoy desde
    http://norma2-siempreesprimavera-norma2.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Gosto do teu lirismo, amiga Cecília! Poetisa sensível, amante da beleza.
    Um abraço. Tenhas uma linda noite.

    ResponderEliminar
  8. palavras da alma e o coração agradece
    beijos

    ResponderEliminar
  9. Que bello Poema.
    Buenas noches.
    Dulces sueños, Montserrat

    ResponderEliminar
  10. Cara Cecília um obrigado pelas belas palavras sempre bem enquadradas quer em poema ou prosa.
    Abraço
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  11. "Lábios gentis da manhã"...
    Me encantei com o poema.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  12. Gracias Cecilia, tus palabras tienen una gran carga de trascendencia.
    «Cada mañana, cuando el sol se levanta y bendice en silencio»,Precioso.
    Te felicito.
    Gracias por gustarte mis humildes Haikus
    Con ternura
    Sor.Cecilia

    ResponderEliminar
  13. Na noite escura e vazia
    Na terra úmida e fria
    Germinará a semente
    Do amor luminoso e quente!


    Abraços, poetisa.

    ResponderEliminar
  14. Delicadamente lindo... Coisas simples são difíceis de enxergar com os olhos.... Bjs flor!! Te cuida!!

    ResponderEliminar
  15. La noche inspira al poeta que tienes dentro
    Hermoso
    Un abrazo

    ResponderEliminar
  16. Cecília querida!
    Eu poderia comentar de diversas formas, mas, sinceramente, não encontrei melhor frase que expressasse o que senti com teu poema:
    "Como germinam em silêncio as asas do coração…."

    Beijos e ótimos dias!
    da Cecília brasileira.

    ResponderEliminar
  17. As simples e grandes belezas nem sempre são percebidas e absorvidas . É preciso sensibilidade para permitir que se abram diante de nossos olhos e corações. Bjs.

    ResponderEliminar
  18. Nas noites, tanto acontece...Basta perceber...Lindo!beijos praianos,chica

    ResponderEliminar
  19. Um belo final de semana pra ti minha amiga querida,,,muita paz e muita poesia pra alimentar a alma,,,beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  20. germinan en el silencio, dentro del corazón
    genial poesía
    saludos

    ResponderEliminar
  21. Talvez o verso seja demasiadamente simples (para que todos o percebam)

    Retive esta forte imagem do teu belo poema

    Bjo.

    ResponderEliminar
  22. Que dizer depois do que está escrito? - Deliciar-me a ler:)
    Bjo

    ResponderEliminar
  23. Muita sensibilidade nas palavras. Lindo!
    Desejo que tenhas um fim de semana cheio de alegrias!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  24. lindo de viver .... sou notívago e gosto dessas elucubrações da noite...agradeço suas visitas e comentarios no meu blog... deixo o meu carinho e abraço

    ResponderEliminar
  25. Lindo poema você sabe que estou dizendo verdade adoro
    seus poemas a muito tempo.
    Um lindo final de semana beijos,Evanir.

    ResponderEliminar
  26. Bom dia Cecília querida



    Delicado e lindo...


    Beijos e bom final de semana.
    Ani

    ResponderEliminar
  27. Olá querida,

    Suas palavras encantam. Sua sensibilidade é linda.
    Somente desenvolvendo nossa percepção poderemos chegar a este grau de contemplação, que nos leva a enxergar e não simplesmente olhar, sem ver e
    sentir.

    A imagem é linda. Bela obra!

    Beijão.

    ResponderEliminar
  28. A única palavra neste momento é o silêncio, depois desta deliciosa leitura.
    bjs.
    tenhas um lindo final de semana.

    ResponderEliminar
  29. Mi querida Cecilia...cada verso tuyo, cada poema, es una obra de arte que se disfruta, este poema me ha super-encantado. Recibe mi cariño en un fuerte abrazo.

    ResponderEliminar
  30. As asas do coração voam para depois nos contar onde foram. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  31. As simples e milagrosas coisas que deixamos de perceber pela cegueira cotidiana.
    ..."Se tu pudesses pelo menos sentir
    Como germinam em silêncio as asas do coração…".
    Magistral!
    Beijo.
    Sigo contigo.

    PS: Encantadora pintura.

    ResponderEliminar
  32. Maravilhoso!
    Me deixou sem palavras, fiquei a pensar na asas do meu coração voando ao infinito.

    Lindo poema. Beijos e ótima semana!

    ResponderEliminar
  33. Lindo, lindo!
    Cada vez melhor, querida Cecília!
    Beijo enorme

    ResponderEliminar
  34. Cecília
    Muitos não conseguem sentir a fragrância dos eucalíptos, nem ver o sol nascer, as flores desabrochar e os pássaros cantar.
    Poemas que falam de natureza. Belíssimos.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  35. silêncios que germinam nas asas do coração: haverá forma mais perfeita de voar?

    beijinho!

    ResponderEliminar
  36. Como no silêncio nasce fragrâncias de sonhos.

    Linda tua poesia.

    Beijo

    ResponderEliminar
  37. Sempre um prazer ler as vossas palavras, muito obrigada...

    beijos
    cecilia

    ResponderEliminar