Cecília Vilas Boas

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

nobreza d'alma...




Nobreza d'alma, em ÂMBAR E MEL, Chiado Editora, 2011


Lembro-me dos invernos em criança, em casa da minha avó. Com trovoada, à média luz e sentadas à lareira, esta linda criatura, cheia de amor e carinho, passava serões a contar-me histórias de encantar. Ensinou-me a acreditar na vida e na beleza dos sonhos. A sua força era um pilar para mim, a sua postura exemplar perante a vida e perante os problemas. Sempre digna e respeitada por todos, minha confidente, minha amiga, minha conselheira, fonte de paz e tranquilidade.
Mostrou-me a nobreza de espírito, ensinou-me a respeitar e a perdoar.
Ao recordá-la, rolam pela minha face, lágrimas de saudade.
Sempre me disse que o céu era o lugar para onde iam as almas grandes, generosas.
Talvez por isso, goste tanto de estrelas. Quando olho o céu em contemplação, sei que a estrela mais cintilante, é o seu sinal, a sua força para que eu continue a acreditar nos sonhos.

Sonho com um mundo sem hipocrisia, sem sarcasmo
Sonho com um mundo colorido, perfumado
Sonho com o mundo que me contaste
Sonho com o que sempre me ensinaste
Sonho com a parte de lutar e vencer
Sonho com o teu acreditar
Fostes tu que me ensinaste a escutar a música e a natureza
Foste tu que me ensinaste o respeito e a lealdade
Foste tu que me fizeste distinguir o bem do mal
Foste tu quem se alegrou com o meu sorriso
Foste tu quem amparou o meu pranto

Por tudo isto te deixo um abraço
Com toda a força de Deus
Os teus desejos e sonhos
São agora também os meus.


Dedicado à minha avó... sei que, onde quer que esteja, irá perceber que continuo a sonhar.




Pintura *Eynat Mendelson


30 comentários:

  1. Amiga Cecilia, provavelmente, tu não és espírita, digo isto pelo fato de que a percentagem de espíritas no mundo ainda é bem pequena, mas, nós, espíritas, temos a certeza de que a tua vó recebeu o teu poema como se fosse uma oração.
    Um abraço. Tenhas um belo dia.

    ResponderEliminar
  2. Quando a memória nos traz tão suaves recordações, sabemos que nada há a temer, porque serão sempre seguros e determinados os nossos passos, a caminho do sonho.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  3. Olá Cecília,
    Bonita dedicatória a uma pessoa que fica sempre no nosso coração. São recordações que nunca se apagam em nós.

    Também olho para as estrelas para descobrir os sonhos....mas não vejo esse mundo que gostaria de ver.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. OI QUERIDA AMIGA
    Sabe aquele dia lindo, cheia de coisas boas?
    Pois é; é este que vim te desejar...
    BOA TARDE
    ANA!

    ResponderEliminar

  5. Olá querida Cecília,

    Quanta ternura e reconhecimento em suas doces palavras!
    Sua homenageada, com certeza, sorriu ao receber as vibrações de amor emanadas de seu coração.

    Obrigada pela sempre agradável visita.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  6. Não esquecemos aquilo que nos passam de belo, as pessoas que ajudaram na construção de nossos pilares e nos deram amor. Ela a ensinou a sonhar com sabedoria. Lindo! Bjs.

    ResponderEliminar
  7. LINDO TUA FORMA DE ELEVAR TEUS PENSAMENTOS EM FORMA DE ORAÇÃO...
    BEIJOS CARNAVALESCOS !!!!

    ResponderEliminar
  8. Lindo Cecilia,bateu saudade da minha vozinha Maria.
    beijos

    ResponderEliminar
  9. Bela homenagem, Cecília!
    E "Ela" - a estrela mais brilhante - a iluminar seus sonhos...

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  10. Uma boa parte dela vive em você, menina. Isso é inquestionável.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  11. Cecília, querida!
    Muito lindo e sensível, a memória traz as coisas e pessoas de volta, talvez porque nunca tenham ido completamente, assim as saudades, a linda presença da ausência que se faz.
    Beijos da Cecília brasileira!

    ResponderEliminar
  12. És um poço de sensibilidade, Cecília. Um beijinho.

    ResponderEliminar
  13. Com todo meu carinho hoje de alguma forma
    deixar um recadinho em seu blog.
    Estou um pouco ausente mais nunca esqueço
    a amizade abençoada que Deus me deu.
    Ler sua postagem tenha certeza que nunca deixo de ler ,
    pois ela é minha bagagem para acalentar
    os meus dias.
    A pior dor é da saudade vejo hoje com tristeza
    não poder digitar e fazer
    comentário em cima da postagem
    que vc fez com tanto carinho.
    A mim tudo que importa é receber sua visita
    me basta para alegrar meu coração.
    Penso em tudo com muito otimismo
    pretendo viver e valorizar cada segundo da minha vida.
    um feliz final de semana beijos paz amor e luz,Evanir.
    Acredite: Seu carinho e amizades tem me ajudado muito:

    ResponderEliminar
  14. Una verdadera maravilla leerte, te dejo un fuerte abrazo, buen fin de semana!

    ResponderEliminar
  15. Bom dia minha linda!!!!
    Vim desejar um feliz feriadão ...
    Deixo bjs carnavalescos !!!!!!

    ResponderEliminar
  16. Bonita dedicatória Cecília! A "lei" da vida assim é!
    Deixo-te o meu abraço!
    Rui

    ResponderEliminar
  17. Oi Cecilia,

    Lindo! Penso em saudades como dor, mas também como a certeza de que algo bom na nossa vida aconteceu. E aí, a esperança nos permite pensar em sonho e encontros em outros lados.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  18. Quanta saudade e amor contida nas suas palavras. Aqueles que amamos podem partir fisicamente, mas mantêm-se eternamente no nosso coração.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  19. Blog fantástico, é para mim um privilégio poder ler as suas palavras, de certo que mais vezes virei aqui, no entanto agora vim para encontrar novos amigos e ao mesmo tempo divulgar meu blog.
    Quero apresentar o Peregrino E Servo. Gostava que visse meu blog e desejar fazer parte dos meus amigos virtuais esteja à vontade, mas faça-o apenas se desejar.
    Muitas felicidades e saúde.
    Sou António Batalha.

    ResponderEliminar
  20. Não deixa de ser uma homenagem a todas as avós...
    Quantas saudades estas lindas palavras despertaram em mim... saudades de um tempo mágico...
    Adorei

    ResponderEliminar
  21. Hola Cecilia que belleza de Poema.
    Todo el Post es un canto a la dulzura de tu abuela.
    Te mando un beijo.
    Feliz semana, Montserrat

    ResponderEliminar
  22. Cecília, as tuas palavras e o teus sonhos escritos mostram bem a importância de pessoas significativas e bem formadas na nobreza da alma de cada criança, cada ser. As tuas palavras são também um poema à educação.

    Beijos

    ResponderEliminar
  23. Cecília, as tuas palavras e o teus sonhos escritos mostram bem a importância de pessoas significativas e bem formadas na nobreza da alma de cada criança, cada ser. As tuas palavras são também um poema à educação.

    Beijos

    ResponderEliminar
  24. Todo o sonho contado em criança,
    Reside em ti…agora.
    (sempre que leio algo assim, tenho uma certeza…
    Que é recebido)
    Ternurento, comovente.

    Gostei muito, como sempre
    Beijinho

    ResponderEliminar
  25. Veo qeu pasastes buenos momentos mágicos..un beso desde Murcia...

    ResponderEliminar
  26. É sempre encantador ler sobre gratidão aos avós , enternece e faz perceber uma alma grande de convívio eterno, perfeito, elegante e lindo.
    Sempre Parabéns Cecília,grandioso poema
    e mando abraço

    ResponderEliminar