Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2013

nobreza d'alma...

Imagem
Nobreza d'alma, em ÂMBAR E MEL, Chiado Editora, 2011 Lembro-me dos invernos em criança, em casa da minha avó. Com trovoada, à média luz e sentadas à lareira, esta linda criatura, cheia de amor e carinho, passava serões a contar-me histórias de encantar. Ensinou-me a acreditar na vida e na beleza dos sonhos. A sua força era um pilar para mim, a sua postura exemplar perante a vida e perante os problemas. Sempre digna e respeitada por todos, minha confidente, minha amiga, minha conselheira, fonte de paz e tranquilidade. Mostrou-me a nobreza de espírito, ensinou-me a respeitar e a perdoar. Ao recordá-la, rolam pela minha face, lágrimas de saudade. Sempre me disse que o céu era o lugar para onde iam as almas grandes, generosas. Talvez por isso, goste tanto de estrelas. Quando olho o céu em contemplação, sei que a estrela mais cintilante, é o seu sinal, a sua força para que eu continue a acreditar nos sonhos. Sonho com um mundo sem hipocrisia, sem sarcasmo Sonho com u

momentos mágicos com os alunos da escola EB 2,3 Galiza...

Imagem
Pela Professora Teresa Valente Encontro com a escritora Cecília Vilas Boas "A biblioteca recebeu a escritora Cecília Vilas Boas, num encontro organizado em articulação com o grupo disciplinar de Português do 2º  e 3º ciclo, e em parceria com o Lions Club do Estoril. A sessão iniciou-se com a leitura do poema " infância..." do livro de poesia Âmbar e Mel, por José Proença. Após a leitura, Cecília Vilas Boas partilhou com os presentes, as suas experiências enquanto escritora, os seus processos de escrita e o que a inspira para escrever. Neste contexto, o Mar foi um tema presente, assim como o Amor e os Sonhos. A Poesia é o género literário em que a autora se sente mais à vontade, e a influência de Florbela Espanca é notória. Os alunos tiveram oportunidade de trabalhar um dos contos da escritora " A Pérola", cujo estilo remete, igualmente, para um prosa narrativa de nuances poéticas. Num tempo que corre, por vezes, depressa demais, foi bom este